top of page

NATUROPATIA: DEFINIÇÃO & OS 6 PILARES

Segundo a American Association of Naturopathic Physicians (“Associação Americana de Médicos Naturopatas”), a medicina Naturopática define-se da seguinte forma:

  • É um sistema distinto de cuidados de saúde primários; uma arte, ciência, filosofia e prática de diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças.

  • Distingue-se pelos princípios que estão na sua base e determinam a sua prática. Estes princípios baseiam-se na observação objetiva da natureza da saúde e da doença, e são continuamente reexaminadas à luz dos avanços científicos.

  • Os métodos utilizados são consistentes com estes princípios, e são escolhidos com base na individualidade do paciente.

  • Os médicos Naturopatas são formados como médicos de cuidados de saúde primários, cujas diversas técnicas incluem métodos modernos e tradicionais, científicos e empíricos.


& 6 PRINCÍPIOS (LISTADOS ABAIXO) CONSTITUEM A BASE PARA A PRÁTICA DA MEDICINA NATUROPÁTICA


1. VIS MEDICATRIX NATURAE

O poder da cura da natureza

  • O ser humano possui, inerentemente, um processo de autocura, que é ordenado e inteligente

  • O naturopata procura identificar e remover obstáculos à cura e recuperação, e facilitar e aumentar o processo de autocura

2. TOLLE CAUSAM

Identificar e tratar as causas

O naturopata deve identificar e remover as causas subjacentes da doença, em vez de simplesmente eliminar ou suprimir os sintomas


3. PRIMUM NON NOCERE

Primeiro, não prejudicar

O naturopata deve seguir 3 diretrizes:

  • Utilizar métodos e substâncias medicinais que minimizem o risco de efeitos colaterais nocivos, utilizando o mínimo de força necessária para diagnosticar e tratar

  • Evitar, sempre que possível, a supressão prejudicial dos sintomas

  • E, reconhecer, respeitar e trabalhar com o processo de autocura do pacient

4. DOCERE

Médico como professor

  • O naturopata deve instruir os pacientes e incentivar a responsabilidade pessoal pela saúde

  • E reconhecer e empregar o “potencial terapêutico da relação médico-paciente” (que, nomeadamente, defende que uma prática de cuidados holísticos necessita de uma relação médico-doente eficaz e empática)

5. TOLLE TOTUM

Tratar integralmente

  • O naturopata deve tratar cada paciente levando em consideração fatores individuais nomeadamente físicos, mentais, emocionais, genéticos, ambientais e sociais

  • E como a saúde total inclui a saúde espiritual, deve incentivar ao desenvolvimento espiritual

6. PRAEVENIC

Prevenção

O naturopata dá especial importância à prevenção de doenças através:

  • Da avaliação de fatores de risco, hereditariedade e suscetibilidade à doença

  • E das intervenções apropriadas, em parceria com os seus pacientes, para prevenir a doença

Fundada em 1985, a American Association of Naturopathic Physicians (“Associação Americana de Médicos Naturopatas”) é a associação profissional que representa os médicos naturopatas licenciados, os estudantes de medicina naturopata, e outros profissionais de saúde ligados à naturopatia, nos Estados Unidos.


A AANP desenvolve orientações relevantes para a prática naturopática, política de saúde e questões sociais que afetam a saúde. As suas declarações de posição orientam a profissão, ampliam os pontos de vista da comunidade naturopata, e instruem consumidores e decisores.

Fontes:

- The American Association of Naturopathic Physicians, House of Delegates Position Paper, Amended 2011

- American Association of Naturopathic Physicians website (https://naturopathic.org/)

28 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page