top of page

A prática de Yoga e o Sono

No decorrer dos meus estudos sobre a prática de Yoga como terapia para questões específicas de saúde e Yoga no Feminino, decidi há uns meses atrás debruçar-me sobre as questões da insónia e dos distúrbios do sono.

Recolhi alguma informação, que agora partilho, e resolvi agrupar uma sequência estruturada de posturas que permitem remover a fadiga e a energia nervosa, descansar o coração, acalmar o cérebro e a mente, estabilizar a atividade hormonal, e promover a paz interior e o descanso, colhendo frutos para um sono saudável.

Partilho, então, algumas considerações do meu estudo e pesquisa.

Em média, uma pessoa dorme 6 horas e 41 minutos por noite durante a semana de trabalho. A sabedoria predominante diz que devemos dormir pelo menos 8 a 9 horas para uma saúde ótima. No entanto, e curiosamente, um estudo japonês publicado pelo London Sleep Center refere que o risco de morte de uma pessoa aumenta a cada hora em que dorme mais de 7 horas e meia por noite, nos dias de semana. Assim sendo, como é que sabemos se estamos a dormir o número de horas adequado?

Primeiro, pergunte-se como se sente. Se está sempre cansado, é provável que o seu requisito de sono individual não esteja a ser cumprido.

Também é importante perceber que não é só o tempo que dormimos, mas também as horas a que dormimos. Alguns estudos revelam que o nosso corpo faz a maioria das suas recargas e reparos entre as 11 da noite e a 1 da manhã, altura em que a vesícula expele as toxinas. Se está acordado a essas horas, as toxinas voltam para o fígado, sobrecarregando o sistema.

Outra coisa que acontece quando não dormimos é que não sonhamos, a supressão de sonhos é tão responsável pelo sofrimento físico e emocional quanto a privação de sono. Causa irritabilidade, depressão e letargia.

A sabedoria ayurvédica concorda com os estudos científicos atuais de que o corpo é purificado durante a primeira metade da noite. O processo conhecido como Movimento Rápido dos Olhos (REM), significa que o cérebro está activo e através do processo de sonhar, descarrega, ou de alguma forma processa, as nossas experiências para quando despertarmos a mente esteja limpa, clara e pronta para o novo dia.

Uma forma simples e eficaz de manter a saúde e a longevidade é acordar à mesma hora todas as manhãs e ir para a cama cedo.

Outros fatores indicados para ter uma boa noite de sono são: ter uma dieta equilibrada, não comer muito tarde, e evitar a cafeína e o álcool. Tente também dormir na escuridão completa; ter qualquer tipo de luz perturba os ritmos circadianos naturais do corpo.

Relativamente à prática de Yoga específica para a redução dos distúrbios do sono ou insónias, deve ser uma sequência com poucas retroflexões, suportadas, de forma a não estimular demasiado o Sistema Nervoso e Digestivo, reduzindo o stress hormonal e libertando a respiração.

As Invertidas e Setu Bandha Sarvangasana promovem um sono saudável e pacífico.

As posturas sentadas de flexão à frente pacificam o cérebro, acalmam os nervos e reduzem a ansiedade.

O Pranayama deve ser introduzido nesta sequência, por exemplo no final, nomeadamente Ujayii II (expiração condicionada).

A sequência pode ser feita com ligadura nos olhos, para um maior recolhimento.

4 visualizações0 comentário

コメント


Post: Blog2_Post
bottom of page